VOCÊ CONFIA NA VIRGEM MARIA?

 

 


Em 1936 Nossa Senhora apareceu no Norte do Brasil para avisar que três grandes castigos cairão sobre o Brasil. Ela disse: O sangue inundará o Brasil por causa do comunismo, e haverá uma guerra civil caso não haja conversão, jejum, penitência e oração. DIGA NÃO AO PT - DIGA NÃO AO PT, e vamos pedir para nossa Mãe Celestial que afaste de nós os castigos. Leia a matéria completa aqui - CLIQUE AQUI!!! DIGA NÃO AO PT - DIGA NÃO AO PT - Faça como o Padre José Augusto da Canção Nova que denunciou o PT e não se acovardou - assista aqui o que ele disse - CLIQUE AQUI!!! - DIGA NÃO AO PT - DIGA NÃO AO PT

VOCÊ CONFIA NA VIRGEM MARIA?

VOCÊ CONFIA NA VIRGEM MARIA?

 

 



Fale com ela, com esta oração ...
"Obrigado por ser uma mãe que nunca vai me deixar ..."

Você confia na Virgem Maria? Fale com ela, com esta oração ...

Que melhor descreve uma mãe do que o amor incondicional por seus filhos, a sua disponibilidade para socorrer os, para levantá-los quando eles caem, orientá-los quando eles estão perdendo o seu caminho? As crianças sempre sabem, no entanto, como chamar a "Mama, socorro!", Uma vez que têm crescido? Quando nos sentimos muito grande para um Mama, como é que vamos chegar a Maria, nossa mãe, e pedir-lhe para nos socorrer, levantar-nos e guia-nos?

Poderíamos pedir a Maria, com estas palavras: " Querida Mãe, eu entrego a você tudo o que eu sou e tenho. Eu sou chamado para dar-lhe a minha vida. Não importa o que eu estou quebrado. Não importa o que eu estou ferido. Minha ferida torna-se uma fissura que me abre. Eu não quero para fechar a ferida. Eu não quero para selar a fissura. Obrigado, Mãe, por me amar. Obrigado por estar comigo. Obrigado por caminhar ao meu lado em cada passo do caminho. Obrigado por ser uma mãe que nunca vai me deixar em tempos de dificuldade. Obrigado por ser minha mãe. "

Eu posso dar tudo quando eu sei que existem braços esperando para me segurar.

Fr. José Kentenich disse certa vez: " A fim de reforçar a minha confiança infantil, eu vou estar consciente em todos os momentos que o Pai Celestial é todo-poderoso, bom e fiel. Nossa maior preocupação deve ser a viver cada segundo infinitamente indiferente. Esta falta de preocupação não nasce de uma atitude de negligência, mas de confiança em Deus. Nós não somos indiferentes porque desligar do que está acontecendo na terra; não, nós preocupamo-nos para as coisas terrenas em justa medida, mas por trás do nosso trabalho será sempre a confiança inabalável expressa nas palavras: ' Mater habebit curam' - a mãe vai cuidar dela.

Eu sei que é verdade. Ela vai cuidar da minha vida. E eu quero aprender a me abandonar, deixar de ir as rédeas, para deixar de lado o que encargos e me constrange. Eu quero que a atitude de confiança, para fixar meu olhar sobre ela quem me sustenta no meu caminho.

Eu quero aprender a viver assim, completamente despreocupado, totalmente confiante nos planos de Deus.

Eu quero viver crendo, confiando, sabendo que Deus caminha ao meu lado. Eu preciso perguntar a Jesus: " Aumenta a minha fé." Eu vou ser feliz se eu acredito. Se eu confio, eu vou ser ainda mais feliz. Como Maria, que acreditou além de toda a esperança; ela acreditava, e estava feliz.

E olhar para Maria, que acreditou. Para ela, que permaneceram fiéis, prostrado diante dela Deus. E ela acreditava, e abraçou a vontade de Deus com lágrimas em sua alma. " Bem-aventurada aquela que acreditou". E sua vida tornou-se cheio de esperança.