Marija: Não confesse aos psicólogos

 

Marija: Não confesse aos psicólogos

Marija: Não confesse aos psicólogos

Marija durante aparição em Brescello em 15 de abril de 2012

Marija durante aparição em Brescello em 15 de abril de 2012

Quando a Virgem Maria convida cada um de nós a ir até a confissão, Ela quer dizes os sacerdotes, e não aos psicólogos, disse a vidente Marija Pavlovic-Lunetti para uma paróquia lotada na Itália no último dia 16 de abril de 2012. Ela também teve a oportunidade de falar conta o aborto e o divórcio que ela atribuiu a falta de oração.

“Nossa Senhora nos convida a retornar à Missa e à confissão, mas diante dos sacerdotes, não diante dos psicólogos” a vidente de Medjugorje Marija Pavlovic-Lunetti disse a uma multidão de pelo menos 700 pessoas que lotaram a igreja paroquial de Brescello, na Itália, em 15 de abril de 2012.

Quase o dobro do número de pessoas assistiram a palestra de Marija e aparição pública em um telão colocado do lado de fora da igreja, um jornal local relatou.

“A Virgem Maria continuamente nos convida à oração, conversão, e a celebrar o Sacramento da Confissão: existe uma grande confusão no mundo, não sabemos mais o que é bom e o que é mau, e porque nós precisamos da orientação de Deus” acrescentou Marija, de acordo com um jornal local.
Em Brescello, também, Marija alertou contra o aborto, um tópico que ela já abordou em aparições públicas anteriores.
“Nossos avós e bisavós tiveram tinham vários filhos. Eles não pensavam no aspecto econômico: se tinham um prato, podiam ter dois. Agora há tantos abortos, separações, divisões em família, porque nós não rezamos mais” disse a vidente Mirjana.
Marija disse para a multidão que a Virgem Maria não deu qualquer mensagem particular, mas deixou uma impressão clara que ela tinha tido um outro agradável encontro com a Virgem.
 “Nossa Senhora sorriu, estendeu as Suas Mãos, e começou a rezar. Ela rezou longo tempo por todos nós. Ela não deixou uma mensagem, mas olhou para todos nós e nos deu a Sua Benção. Quando eu A vejo, eu sinto um grande desejo pelo Paraíso. Isto é tão doce e belo.” Marija disse para a multidão em Brescello.
“Em volta da multidão, o silêncio era total. Até mesmo o choro tímido de um bebê parou dentro de segundos.” o jornal Resto del Carlino escreveu sobre a aparição de cinco minutos a Marija.
A Gazzeta di Reggio noticiou que o prefeito de Brescello, Guissepe Vezzani esteve presente, juntamente com outros políticos locais.