COMO PIO IX SE CUROU DE SUA MÁ MEMÓRIA

COMO PIO IX SE CUROU DE SUA MÁ MEMÓRIA

Como Pio IX se curou de sua má memória

 


O venerável pontífice Pio IX designou a um Santo e Prudente religioso chamado Tomaso como Bispo da Diocese.
O sacerdote, alarmado pela responsabilidade posta sobre ele, começou encarecidamente a tentar evitá-la.
Seus protestos foram em vão.
O Santo Padre sabia de seus méritos.
Agoniado pela apreensão, o humilde religioso solicitou uma audiência com o Santo Padre e lhe confessou que tinha má memória, o que resultava ser um grave impedimento no alto oficio encomendado a ele.
Pio IX respondeu com uma sorriso " Sua diocese é muito pequena em comparação com a Igreja universal, a qual eu levo sobre meus ombros.
Teus cuidados são poucos em comparação com os meus.
" Agregou:"Eu também sofria um grave defeito da memória, mas prometi dizer uma fervente oração diária pelas almas Benditas, as quais , em retribuição, tem obtido para mim uma excelente memória.
Você deveria fazer o mesmo, estimado padre, e terá em que se alegrar".
Quanto mais damos, mais recebemos.
Um homem de negócios em Boston se uniu a Associação das Santas Almas e deu uma alta suma de dinheiro anual para Missas e orações em favor destas.
O Diretor da Associação se surpreendeu da generosidade do cavaleiro, pois sabia que não era um homem rico.
o lhe perguntou amavelmente um dia se as esmolas que ele generosamente dava eram completamente suas ou eram coletas que o realizava de outros.
O homem respondeu: "Tudo o que dou é minha própria oferenda.
Não se alarme.
Não sou rico, você pensa que dou mais do que tenho.
Não é assim, longe de perder com minha caridade, as almas Benditas sabem que ganho consideravelmente mais do que dou; delas ninguém ganha em generosidade".