Clima do Fim dos Tempos: Granizo de até 10,7 cm

Clima do Fim dos Tempos: Granizo de até 10,7 cm

Clima do Fim dos Tempos: Granizo de até 10,7 cm provoca estragos em cidades de Oklahoma e Texas, nos Estados Unidos

O deslocamento de um sistema frontal nas últimas 24 horas sobre a região centro-sul dos Estados Unidos potencializou inúmeras células de tempestades e que por sua vez despejaram bastante granizo em municípios dos estados de Oklahoma e Texas.


Em vários, pedras de granizo de até cinco centímetros de diâmetro danificaram construções e estilhaçaram vidraças. As maiores, segundo o National Weather Service (NWS), foram registradas nos arredores do município de Denton, no norte do Texas, com 4,25 polegadas, ou 10,7 centímetros de diâmetro.

Mais de mil construções foram atingidas entre o final da noite de domingo (26) e a madrugada desta segunda-feira (27). Também houve registro de chuva forte e rajadas de vento na região, o que deixou centenas de unidades consumidoras sem energia elétrica.

Nos municípios de Argyle, Highland Village e Little Elm, ambos no Texas, pedras de gelo perfuraram telhados e trituraram árvores inteiras. Um tornado foi confirmado no município de Justin, ainda no Texas, mas com deslocamento por área despovoada, o que não produziu danos graves.

Outro tornado tocou o solo no final da noite no município de Ada, em Oklahoma, onde estragos foram contabilizados, principalmente na área rural.

O monitoramento de granizo feito pelo De Olho No Tempo Meteorologia para profissionais Martelinhos de Ouro mostrou que ao menos 30 municípios norte-americanos registraram danos em veículos, alguns graves, segundo as seguradoras.

 "Grandes pedras de gelo, que podiam pesar um talento, caíram do céu sobre os homens. Os homens amaldiçoaram a Deus por causa do flagelo da saraiva, pois este foi terrível". (Apocalipse 16, 21)

"Pois bem! Eis o que diz o Senhor Javé: em minha indignação, desencadearei um furacão, em minha cólera, vou mandar uma tempestade, em meu furor de destruição, farei cair granizo". (Ezequiel 13, 13)

"Eis que se aproxima o grande dia do Senhor! Ele se aproxima rapidamente. Terrível é o ruído que faz o dia do Senhor; o mais forte soltará gritos de amargura nesse dia. Esse dia será um dia de ira, dia de angústia e de aflição, dia de ruína e de devastação; dia de trevas e escuridão, dia de nuvens e de névoas espessas. Dia de trombeta e de alarme, contra as cidades fortes e as torres elevadas.

Mergulharei os homens na aflição, e eles andarão como cegos porque pecaram contra o Senhor. Seu sangue será derramado como o pó, e suas entranhas como o lixo. Nem sua prata, nem seu ouro poderão salvá-los no dia da cólera do Senhor. Toda a terra será devorada pelo fogo de seu zelo, porque ele aniquilará de repente toda a população da terra". (Sofonias 1)